Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Indian Summer

Coisas de Blogger

A Smurfina passou-me este desafio! Muito, muito obrigada! <3

 

O que te fez criar um blog?

Sentia que precisava de "desabafar" e de ter um cantinho meu na internet onde me pudesse expressar através da escrita.

 

Como escolheste o nome para o teu blog?

Tal como expliquei no meu primeiro post, escolhi o nome a partir desta música, dos The Doors.

 

Em que te inspiras para escrever os posts?

Quase todos os meus posts são sobre acontecimentos do dia-a-dia, música ou algo que me deixe com vontade de escrever.

 

Como definias o teu blog num único post?

É este, sempre.

 

Qual o post que mais gostaste de escrever?

Todos me dão um gostinho especial, mesmo até aqueles em que escrevo a partir de sentimentos negativos. Mas são expressões, são meus e sinto-me bem ao partilhá-los convosco.

 

Passo este desafio a:

 

Sweet Stuff

Heart of Coconut

Mundo de Evy

Blog da Ana

Carolina

 

Beijinhos

*~*~*

 

*~*~*

Às escuras

Nestas últimas horas tenho lido uns quantos testemunhos das vítimas que entraram ou ainda estão a tentar entrar na faculdade. Para eu o fazer, legalmente, falta apenas um ano. Isto se eu me decidir até lá. Isto se eu tiver coragem para isso. Esta altura do ano faz-me questionar toda e qualquer capacidade que eu possa ter ou que pensava ter.

 

Digamos que eu não sei mesmo o que fazer da vida. E quando os meus pais, amigos dos meus pais ou outros familiares me perguntam se tenho ideia do que seguir, e eu digo que não faço a MÍNIMA ideia, todos eles me respondem "Ah, é normal". As possíveis respostas são também "Eu também não sabia quando acabei o 12º", "Só sabe quem quer seguir aquele curso desde sempre" ou até "Eu só fiquei a saber no 13º". E o que eu penso é eu não quero enlouquecer ainda mais e andar às aranhas até ter de preencher a porcaria da folha de inscrição e não, eu não tenho intenções de repetir o 12º ou fazer melhorias, obrigada.

 

Já ponderei fazer o gap year, em que posso trabalhar e viajar, pensar na vida, refletir um bocado e depois voltar no ano a seguir, porque possívelmente já terei ideia do que fazer. Mas a verdade, é que não tenho como decidir agora. Nem sei se conseguirei depois. Tenho é de viver um dia de cada vez, o que é difícil hoje em dia. Andamos sempre a correr, sempre a apressar as coisas e depois culpamos o tempo. Ele é que passa depressa...

 

 

*~*~*

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub